FRANCILVA
francilvarj@yahoo.com.br
Rio de Janeiro - RJ


Sem mistério! Na vida temos que esmiuçar o tempo que é tão valioso e dado de graça, momentos não retornam, não são cíclicos, virão sempre diferentes...uma pessoa verdadeira, transparente, o amor é sublime, amo de verdade a arte, gerencio bem a vida, positiva, alegre, fã de música boa, dança, esporte, porém é como artista plástica que me completo onde bate forte o meu coração tendo como referência Heitor dos Prazeres, Pancetti, Di Cavalcanti, Renoir, Toulouse Lautrec, Edouard Leon Cortès e Derain esses são os meus preferidos e que sempre estou vivenciado... Antenada com o universo artístico. Música? Gosto muito..Algumas obras foram extraídas de alguns compositores como meu querido Jorge Vercílo, Guinga e Neí Lopes, bossa nova...principalmente as de Tom Jobim, João Donato maravilhoso com sua corrente musical que diferenciou dos demais.

Adoro essa parceria, pois é com ela que extraio os temas de minhas obras nas artes plástica, fim de semana não deixo de estar no metiê musical. O meu nome artístico é Francilva e em alguns sites é Francisca Francilva.


BIOGRAFIA

Francisca Silva da Matta, carioca do bairro de Realengo, iniciou-se nas Artes Plásticas desde muito cedo. Aos oito anos teve seu primeiro prêmio no Instituto Brasileiro de Educação Tijuca-RJ. Frequentou alguns cursos, desenho básico no SENAC (77/78); Lantz (1978/80); indo para Goiânia em 1980, participou do Curso de Pintura na Galeria Casa Grande, atual Fundação Jaime Câmara.

Em 1986 voltou para o Rio de Janeiro, indo residir no município de São Gonçalo, onde participou ativamente de Exposições e Gincanas através do Centro Cultural Prefeito Joaquim Lavoura. A atividade artística na cidade impulsionou seu trabalho: em São Gonçalo cursou História da Arte e História Local, no Rio de Janeiro cursou a Associação Brasileira de Belas Artes.

Conheceu talentos no meio das Artes de São Gonçalo. Em Niterói expôs na Feira de Artes do Campo São Bento no período de 1989 a 1991, participando de algumas exposições em salões.

Autodidata, sempre gostou de desenhar, pintar, utilizando técnicas variadas, como grafite, lápis de cor, pastel, aquarela, tinta a óleo e acrílica.

Retratando paisagens, naturezas mortas, casarios, marinas e figuras humanas, obteve premiações em salões e gincanas.

Atualmente em outra fase, residindo em Campo Grande – RJ desde o ano 2000, participou de Feiras de Artes em Pedra de Guaratiba, Rodoviária de Campo Grande, Clube Ítalo Del Cima, Gincanas e outros nos anos de 2001 a 2003; nos anos seguintes vem realizando exposições individuais e coletivas em espaços do Rio de Janeiro, Niterói e São Gonçalo com algumas premiações e cursando canto no Espaço Cultural Express’Art em Campo Grande-RJ, participação na Federação das Academias de Letras e Artes do Estado de São Paulo ( FALASP), Medalha Ordem do Mérito “Marechal Cândido Mariano da Silva Rondon”, Grande Medalha e Comenda Fluminense de Belas Artes Niterói- RJ, Comenda Grandjean de Montigny Instituto Histórico e Geográfico de Niterói-RJ, Destaque 2009 Taubaté –SP, Mulheres Maravilhosa Taubaté –SP,Titulo de membro correspondente da cadeira nº 75- patrono José Correia(Corrêa) de Lima.

Por um tempo seguiu o estilo impressionista; sentindo a necessidade de novos rumos no seu trabalho, lançou-se na retratação da vida dos bares, restaurantes, luzes, homens, mulheres, tudo com bastante movimento. Um elo do presente com o passado que lhe trouxe um prazer muito grande, vivenciando uma boemia que atualmente não existe mais.